Rápido Vs Ágil

1227253630F4XRs0Você já deve ter se deparado com várias pessoas que confundem ser ágil com ser rápido, nós podemos ser rápido sem ser ágil e ser ágil sem ser rápido ou podemos ser ágil e rápido ao mesmo tempo, mas devemos tomar muito cuidado para não confundir os dois, pois não é a mesma coisa.

Retirado do dicionário:

Significado de rápido: Que faz muito em pouco tempo; ligeiro, veloz, célere.

Significado de ágil: Que tem grande facilidade de se mover; ligeiro, leve.

Ser ágil é realizar um caminho apenas uma vez, ou o menor número de vezes possível. É realizar com qualidade na primeira tentativa e principalmente evitar o desperdício ao invés de pensar em fazer rápido.

Também não confunda em ser rápido com apressado, pois também são coisas distintas, a velocidade é um efeito de treino e conseqüentemente da habilidade que se consegue em uma determinada tarefa. O hábil é rápido sem ser apressado, ou seja, trabalha rápido, mas com a devida tranquilidade necessária ao prazer e sucesso da realização da tarefa. A pressa é tentar usar a velocidade para causar o efeito.

O apressado é movido pelo senso exagerado de urgência. Paira sobre a cabeça do apressado a espada do prazo. O apressado tenta ser rápido sem a devida habilidade para realizar aquela tarefa no tempo determinado. É claro que a tal habilidade não pode ser entendida somente pela variável do indivíduo, isto é, depende também do elemento crucial chamado tempo. Se minha habilidade é de fazer algo bem em uma hora e se o prazo for trinta minutos ponho em risco o resultado ou sucesso da mesma. Uma das causas mais comuns de pressa é desejo de se acabar logo aquilo que não se gosta de fazer, e o que é pior, quanto mais pressa você coloca na tarefa menos agradável ela se torna. No mundo de hoje precisamos ser rápidos sem sermos apressados.

A velocidade é uma das características da competência e é uma das conquistas do homem moderno. A lerdeza nunca é bem vista e é em geral associada à incompetência e inabilidade. Mas, muito cuidado, a habilidade, mais uma vez, é uma conseqüência de treino e muita repetição, como diz um adágio popular: A repetição é a mãe da habilidade.

Outro ditado popular diz também que “Depressa e bem não faz ninguém”.

À curto prazo, a pressa pode até causar uma certa excitação agradável, e é por isso que muita gente deixa as coisas para depois, pra última hora, mas os efeitos a longo prazo podem ser devastadores.

O estresse nada mais é do que um organismo a mil por hora tentando se adaptar as exigências do meio. O desgaste provocado por um organismo numa velocidade acima do natural durante muito tempo, sem o devido descanso, pode ser desastroso para a saúde.

Carl Jung, famoso psicólogo, diagnosticou a doença da pressa e afirmou categórico: “A pressa não é coisa do diabo; a pressa é o diabo”. …

Não é à toa que cada vez mais vemos surgir novos nomes de doenças relacionadas ao mesmo problema: Doença da Pressa, Síndrome do Pensamento Acelerado, Hiperatividade, etc…

Nova e finalmente a solução é administrar o tempo. Priorizar…Priorizar…Priorizar! Colocar as

principais coisas em primeiro lugar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s